close
linker-e-os-caramelows-capa
Divulgação

Uma voz potente, uma presença de palco marcante, um mix de músicas dançantes e apaixonadas e muita lacração: isso é Liniker e os Caramelows. A começar pelo nome (afinal, uma banda chamada “Caramelows” só pode dar coisa boa, né?), minha relação com Liniker foi de puro amor. Descobri a banda mais ou menos no começo, quando saiu uma reportagem na Folha contando sobre sua história de vida e sobre sua música. Liniker tem como uma de suas principais bandeiras a desconstrução de gênero e o empoderamento. Compositor, é autor de músicas profundas que foi escrevendo enquanto crescia e se descobria no mundo. Mas o que me mata é ver aquela figura tão feminina abrir a boca e soltar uma voz tão forte que nem precisaria de microfone. Liniker mexe com a gente, de um jeito que você sai apaixonado.

De Araraquara (interior de SP), sua carreira começou a deslanchar de um ano para cá. O vídeo da música Zero conta com mais de 5 milhões e meio de views no YouTube, só para vocês terem uma ideia!

Tive a oportunidade de ir a dois shows da banda: um em Taubaté e outro aqui em São José, no sábado (dia 29/10) e foi maravilhoso, pra variar! Em Taubaté eu e marido precisamos pegar a Dutra e acabamos chegando mais em cima da hora e pegando uma senhora fila. Quando entramos na tenda do show, já devia estar na segunda música.

Pra não correr riscos, chegamos mais cedo no show aqui de São José e acabamos ficando bem pertinho do palco <3.

Liniker e os Caramelows palco

Foto ruim para provar que sim, estávamos muito perto do palco 🙂

Teve gente que passou o show todo com o celular na mão tirando um milhão de fotos. Eu tirei algumas só no começo, afinal eu tava lá pra curtir o show, né? rs Não sei dizer com certeza, mas acho que o show deve ter durado cerca de 1h40 com muitas músicas autorais, soul e blackmusic.

gif que o Google fez com as minhas fotos (só assim que eu sei fazer gif  rs)

E agora uma história verídica: começou a tocar as primeiras notas de Zero e um cara na minha frente vira pra moça que tava com ele e tira uma caixinha preta do bolso! Não é que rolou um pedido de casamento bem na minha frente?? O coitado tremia mais que vara verde, a menina começou a tremer e chorar loucamente também e eu e a galera em volta gritando e surtando “ai Meu Deus! Que lindooo! Olha olha olha!” hahahah Me senti participando do momento! Até dei parabéns pros noivos (e eles ficaram mais tímidos ainda haha). Enfim, coisas que acalantam o coração 🙂 ♥

Eu acho que me vi duas vezes no vídeo 😀 #OndeEstáAAna

Meu recadinho final é: ouça o Remonta, CD que Liniker e os Caramelows fizeram graças a um financiamento coletivo. A ideia deles era não ficar presa a uma gravadora e a galera realmente abraçou a causa. Se tiver oportunidade, não deixe de ir num show deles. É daqueles de lavar a alma e renovar todas as energias! A agenda de shows, você confere na página do Facebook 🙂

Tags : blackmusicLinikerLiniker e os Caramelowsshowsoul
Ana Claudia

The author Ana Claudia

Jornalista, blogueira e batata-frita friendly. Adoro escrever sobre pessoas inspiradoras, ideias bacanas e coisas fofinhas. Sou uma pessoa legal, exceto quando estou com fome =x

Leave a Response