Histórias de pessoas que lutam pelos seus objetivos sempre me inspiram a querer ir além. E uma amiga do coração tem lutado bravamente para colorir as moças geeks com estampas maravilhosas e fazer seu negócio crescer. Conheçam a Chell, designer, sócia da marca de roupas com estampas autorais Alpaka e blogueira no Tinha que ser a Chell. Nascida Michelli Buzogani Eboli, essa mineira sempre teve as cores e a imaginação à seu favor. Espero que gostem da entrevista! :) (Eu adorei! ♥)

chell_alpaka_tinha_que_ser

♥ Conte um pouco da sua vida profissional antes da Alpaka.

Quando era mais nova eu era secretária da escola de inglês que minha mãe tem em Minas e cheguei a ser professora de uma turma para crianças. Depois da faculdade comecei estagiando em um colégio e quando me formei fui para agências de publicidade do Vale do Paraíba (SP). Em três anos passei por quatro agências, tudo porque buscava conhecimento e crescimento profissional, e isso eu tive.

alpaka_com_vc

Quando você percebeu que queria ter um negócio próprio e como surgiu a Alpaka?

Quando chegavam datas comemorativas dessas que queremos estar com a família, como Natal por exemplo, eu tinha que ficar pedindo para os chefes liberarem para poder ficar mais tempo com eles e sempre achei isso péssimo. Eu sei que pode parecer prepotente ou querer demais para uma funcionária, mas dizem que cancerianos são assim e eu realmente sou, prezo muito estar com a família em datas importantes. Fora que algumas condições de trabalho começaram a me desagradar e a saúde começou a ir bem mal por nervoso, foi quando resolvi que queria me libertar.

chell_thayna_alpaka

Chell com sua sócia na Alpaka a designer Thayná Monteiro Bastos 

♥ Como foi a reação de seus parentes e amigos? Você teve suporte?

Eu sou uma mulher de sorte pois todos me apoiaram, principalmente meu noivo. Moro com ele há quase quatro anos e se não fosse todo o apoio moral que tenho dele não sei se conseguiria. Alguns parentes podem me achar uma maluca, outros adoram me mandar fazer concurso, mas eu ainda tenho a ideia utópica de que dá para ser feliz e trabalhar com o que se ama.

♥ Como é o seu processo criativo?

Eu não sou uma pessoa com processo criativo muito organizado, o que é ruim pois não mantenho uma frequência boa de desenhos por exemplo, mas o básico é me sentar e sentir como estou no dia, em cima disso busco algumas imagens na minha cabeça que me remetam a este sentimento. Quando tenho algo, ligo uma música calma, busco referências fotográficas para chegar onde quero e começo a rabiscar.

alpaka_detected

♥ A “Chell Artista” se via em algum momento como a “Chell Empreendedora”?

Na verdade minha ficha ainda está voando pelo ar e não caiu. Não consigo ainda me ver como uma mulher de negócios, nem mesmo como uma artista. Eu não sei dizer ainda com certeza quem sou e o que estou fazendo no mundo, só faço o que estabeleço pra semana e vou indo como uma onda.

♥ Você também tem o blog Tinha que ser a Chell e agora um canal no YouTube. Como faz para conciliar tudo sem ficar maluca?

Esta é uma ótima pergunta! Eu tento programar meu dia um dia antes, pra isso uso aplicativos como Wunderlist e o Google Keep (que vi que você já falou por aqui). Os posts eu programo o mês todo com antecedência, olhando no meu banco de ideias para posts e já separando qual vai qual dia, assim deixo sempre uma semana anterior sempre pronta, assim não pensarei neles por 7 dias, o que ajuda muito minha ansiedade. Os vídeos eu estou fazendo conforme vem a inspiração e meu humor, então nunca tem dia certo para gravar, mas estou tentando fazer quinzenal. O resto dos trabalhos e estudos eu encaixo conforme eles são necessários, sabendo que por dia tenho imagens e posts pra loja, freelas e tudo mais.

tinha_que_ser_a_chell_logo

Como começou sua vida de blogueira?
Quando eu aprendi a programar HTML básico com meu irmão. Eu tinha 13 e ele 11 e descobrimos que as letras colocadas de uma certa maneira mudavam cores e fundos, aquilo foi demais. Logo depois já descobri os blogs e fiz um para mim, pra contar coisas que sentia, sobre meu dia e tudo mais. Sempre foi meu espaço de desabafo.

♥ Quem são suas principais inspirações?

Ai vai depender da área. Quando falamos em blogs eu lembro sempre da Lia Camargo, pois sempre me pareceu pé no chão e sigo ela desde os primórdios da internet, ela sempre parece gente como a gente, diferente de algumas blogueiras por ai. Se foi na parte de empreendedorismo, escolho todas as mulheres empreendedoras que estão ao meu redor. Sério, não tem UMA, porque cada vez que vejo um trabalho lindo e sinto o amor naquilo que foi feito eu fico emocionada e é como se tomasse uma injeção de ânimo.

sorria_1

♥ O desenho sempre fez parte da sua vida, certo? Fale um pouquinho mais sobre isso.

O primeiro relato foi de minha mãe dizendo que eu pintei um arco-íris na parede de sala com giz de cera, então ela sabe que é desde pequena. Depois me lembro de desenhar coisinhas, colocar no Contact e vender por centavos adesivos feitos por mim na escola, meus colegas adoravam e eu vendi vários antes da “tia” proibir. Sempre recebia elogios por meus desenhos e desde que me recordo me lembro de ficar sentada desenhando na mesa de casa, da secretaria que eu ficava ou no meio das aulas. Os professores ficavam bem bravos porque eu não olhava pra eles, mas mal sabiam eles que se eu não desenhasse eu caia no sono, então desenhava e prestava atenção na aula, era meu jeito de aprender. Até uma vez um deles perguntou bravo se eu sabia do que ele estava falando e eu respondi, afinal, eu estava sim prestando atenção, mas do meu jeito.

♥  Trabalhar com criatividade – tanto no blog como na Alpaka – significa o que para você?

Significa fazer o mundo que eu quero pra mim todo dia, acordar sabendo que naquele dia eu posso fazer o que eu quiser, por mais doido que possa parecer. Uma sensação de liberdade e satisfação imensa.

chell_vestido_alpaka

—–

Chell, muito obrigada por topar participar dessa entrevista! Eu adorei! ♥ E eu te acho uma mega mulher de negócios e artista sim senhora, viu! 😉 (E não dá bola para as pessoas te enviando link de concurso público! haha Eu sei bem como é isso…. :p) 

—–

E você? Quer perguntar mais alguma coisa pra Chell? Deixa aqui nos comentários!

PS: Esse post foi publicado originalmente no meu antigo blog, o Coruja Pop. (Mas o amô pela Chell e a Alpaka continuam os mesmos! <3)