close
kindle da ana

Minha vida literária andava ruim. Eu passava meses sem pegar em um livro e me culpava muito por isso, pois antigamente eu era uma excelente leitora. Cresci em uma casa rodeada de livros, mas depois que eu comecei a ter que pagar pelos meus próprios livros, fiquei muito mão de vaca. Mão de vaca e preguiçosa na verdade. Eu acabei com uma pequena série de motivos para ler cada vez menos:

  • Adultos têm menos tempo.
  • Livros são caros.
  • Não tenho coragem de sair por aí com um livro na bolsa. Além de ficar pesado, ele vai ficar amassado! 😱

Eu tinha um peso na consciência bem grande por causa disso, afinal de contas não pode existir uma jornalista que não lê, né? Mas finalmente resolvi o problema com o meu querido Kindle.

Eu tenho o modelo mais simples, que comprei na promoção. Ele não tem luz própria, mas é maravilhoso para sair carregando por aí. A principal vantagem que vejo nele em relação ao livro é que eu não fico com medo de amassar, então estou o tempo todo com todos os meus livros na bolsa. Aí eu acabo lendo um pouquinho em cada fila que preciso pegar. Não voltei a ser uma leitora voraz como antigamente, mas já estou lendo bem mais do que o normal.

Outro ponto interessante é o financeiro. A Amazon faz muitas promoções de e-books. A maioria dos meus livros custaram entre R$10 e R$30 reais. (Mas alguns eu consegui de graça.) E nada como comprar com apenas um clique no site! #preguiçosa

Eu gosto muito do Kindle e da Amazon, mas a verdade é que estou aqui para te incentivar a comprar qualquer leitor de e-book. A facilidade de conseguir carregar seus livros na bolsa sem nem perceber me convenceram de que eles são uma excelente compra. 

“Mas Ana, e o cheiro de livro novo? E as capas bonitas? E a textura do papel??” Sim, querida leitora, eu sei. NUNCA um leitor de e-book vai ser tão emocionante quanto um livro novo, mas eu não estava lendo mais nada! Numa escala de “zero leitura” a “super leitora” eu pelo menos saí do zero… Em outras palavras: é melhor ler um e-book do que ler livro nenhum, né? =p

Uma vantagem que eu vejo no leitor de e-book em relação ao livro é o tamanho da letra. Pessoas mais velhas têm dificuldade para ler livros com letras pequenas. Com o Kindle (e qualquer e-book reader, acho) você consegue aumentar e diminuir o tamanho da letra, deixando a leitura mais confortável para todos.

Para quem gosta de ler na cama ou durante uma viagem de ônibus ou avião, os modelos com luz embutida são uma ótima opção. Eu confesso que como não sabia se ia me acostumar com o Kindle, comprei o mais baratinho, mas agora eu sei que iria aproveitar bem a versão com luzinhas também.

Eu nunca vou te dizer que ler no Kindle é mais legal do que ler um livro físico, mas atualmente essa é sim a opção mais prática para mim. Acredito que cada pessoa deva encontrar a sua maneira favorita e continuar a ler muitos livros! #keepreading #livroémelhorquechocolate

Tags : e-bookKindlelivro
Ana Claudia

The author Ana Claudia

Jornalista, blogueira e batata-frita friendly. Adoro escrever sobre pessoas inspiradoras, ideias bacanas e coisas fofinhas. Sou uma pessoa legal, exceto quando estou com fome =x

4 Comments

  1. Eu gosto do meu Kobo pq ele é mais leve que um volume monstro do Guerra dos Tronos auhauha e sim: é melhor ler um e-book do que ler livro nenhum.

  2. Aiiii será que um kindle também é a solução dos meus problemas? Porque tenho lido cada vez menos, Ana =(
    É bom ver sua opinião sobre isso e ver que deu certo… vou refletir mais sobre ter um! ahahahaha

Leave a Response