close
porque ter um hobby é importante – pintura conversas de ana

Hobby é uma atividade que você faz por prazer, sem necessariamente ter um “retorno” vindo dele. Coloquei aspas na palavra “retorno” porque, na verdade, todo hobby tem um retorno sim. Não financeiro, mas na nossa saúde e qualidade de vida.

Não é novidade dizer que estamos todos sempre super ocupados e cansados. Nossa cabeça está sempre trabalhando, mesmo quando estamos fora do nosso ambiente de trabalho. Às vezes a culpa é da carga excessiva de trabalho, às vezes é culpa da nossa ansiedade mesmo (mas isso é assunto para outro post). O que acontece é que o nosso cérebro não diferencia as coisas e acabamos trabalhando praticamente o dia todo.

E é aí que entra o nosso lindo e querido hobby. Quando a gente concentra em uma atividade que nos traz prazer, conseguimos nos desligar das outras atividades. Isso é saudável para a nossa cabeça descansar e ainda traz aquele sentimento maravilhoso de realização. Não é uma delícia conseguir aprender uma coisa nova, colocar em prática e depois se apaixonar pelo resultado?

Mas Ana, isso é óbvio!

Não, pior que não é não. E eu vou contar a história de uma menina que nunca deu a devida importância para hobbies. No caso, euzinha. =p Sim amigas, é verdade: eu nunca levei meus hobbies a sério. E por mais que ter um hobby seja algo para se ter prazer – e “levá-los a sério” pareça ser o exato oposto disso – o tempo que você dedica ao seu hobby precisa SIM ser levado a sério. Já a prática e execução não precisam ser tão levados a sério assim.

Ok, agora você me confundiu! Levo a sério ou não?

Sim e não. Sim para o tempo praticando a atividade e não para “virar o mais mother fucking mestre Pokémon de _______________ (insira o que você quiser aqui)”.

porque ter um hobby é importante - dança conversas de ana

Levar a sério o tempo que você dedica na sua rotina para o seu hobby é uma necessidade, pois esse acaba sendo um dos poucos tempos que você realiza uma atividade diferente do seu dia a dia de trabalho. E mesmo que a atividade seja quase a mesma (ex: uma jornalista ter um blog ou um cozinheiro cozinhar receitas novas para a família), o grau de responsabilidade é totalmente diferente. A atividade não é tão diferente mas, sendo um hobby, você vai conseguir relaxar e aproveitar mais aquele momento.

Agora, a resposta “não” é para não levar tão a sério a execução e perfeição da coisa toda. Você não precisa começar a desenhar e querer virar logo um desenhista famoso. Você não precisa começar a dançar e sair por aí ganhando competições. Faça por você e divirta-se no processo. Melhorar naquilo que a gente gosta é bom? Claro que é! Mas não se esqueça nunca de que o caminho também precisa ser divertido.

Outra coisa importante é não querer começar sendo o melhor de todos. Você com certeza vai encontrar costureiros, desenhistas, pescadores, cantores, colecionadores de papel de carta, etc, melhores do que você, mas não deixe isso te assustar! Pensa que eles já tem uma história longa com essa atividade, provavelmente investindo horas de prática e – por que não? – alguns dinheirinhos em aprendizagem. Você pode chegar no nível deles, mas não tenha pressa.

Colecionar rádio antigos também é hobby

Eu disse que ia falar de mim, mas nem falei, né?

Eu sou meio que viciada em começar hobbies novos. Adoro aquela euforia de “ah, eu vou ser a próxima mais maravilhosa _________ do mundo!” e amo de paixão comprar materiais. Eu tenho aquele pézinho no craft e DIY desde sempre (lembram do meu blog anterior? Pois é.), então já passei por: pintura em tela, mosaico, desenho, tricô, crochê, costura, cartonagem, bordado e alguns outros que nem lembro mais.

Só que eu me preparo muito e faço pouco, toda vez. E sabe qual é o grande vilão, todas as vezes? O tempo. Não digo que é “falta de tempo” porque não acredito nisso a longo prazo. Você pode passar um período sem tempo, mas não uma vida todo. O negócio aqui é mesmo falta de priorização. Ou seja: levar o tempo para o seu hobby a sério. (Ahá, viu a volta que eu dei? É isso aí!)

Enfim amiguinhos, estou animada para navegar em novos hobbies! Felizona por começar coisas novas mas me lembrando, de tempos em tempos, que são atividades por prazer. E você deveria fazer o mesmo!

Vamos dar as mãos e começar a investir nosso tempo naquilo que amamos fazer, sem grandes pretensões. Eu estou investindo em hobbies novos, mas só vou contar no próximo post! Aguardem! 😀

Tags : bem estarhobbysaúde
Ana Claudia

The author Ana Claudia

Jornalista, blogueira e batata-frita friendly. Adoro escrever sobre pessoas inspiradoras, ideias bacanas e coisas fofinhas. Sou uma pessoa legal, exceto quando estou com fome =x

1 Comment

Leave a Response